quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Navio de Guerra Botafogo


O São João Baptista (mais conhecido pela alcunha de Botafogo) foi um galeão ao serviço da Marinha Portuguesa, durante o século XVI. Na sua época era o mais poderoso navio de guerra do mundo.
O Botafogo foi construído em Portugal, por volta de 1534, com um deslocamento de cerca de 1000 toneladas.
O navio estava armado com 366 bocas de fogo de bronze, tendo, portanto, um tremendo de poder de fogo. Por essa razão tornou-se conhecido por Botafogo.
Este navio foi usado no Atlântico e no Mediterrâneo onde ficou famoso durante a conquista de Tunis. Nessa batalha, o Botafogo era comandado pelo Infante D. Luís, irmão do Rei D. João III de Portugal e cunhado do Imperador Carlos V. Quando Carlos V solicitou apoio naval a Portugal, referiu especificamente o Botafogo.
De acordo com os relatos da época, foi o esporão do Botafogo que conseguiu quebrar as correntes em La Goleta, que defendiam a entrada do porto, permitindo, então, à armada cristã que atingisse e conquistasse a cidade de Tunes.
Um dos membros da tripulação, chamado João Pereira de Sousa - um nobre originário da cidade de Elvas - tornou-se famoso uma vez que era o responsável pela artilharia do navio pelo que, também ele, ganhou a alcunha de "Botafogo", que incluiu no seu sobrenome. Mais tarde, quando se estabeleceu no Brasil, lutou contra os Franceses e contra os índios tupi. Como recompensa, a Coroa Portuguesa doou-lhe terras junto da baía de Guanabara, passando essa área a ser conhecida por Botafogo atendendo ao nome do detentor das terras.
Por tal, até hoje há o famoso bairro chamado de Botafogo na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, abrigando o tradicional e conhecido clube desportivo homônimo, o Botafogo de Futebol e Regatas.

Fonte
http://pt.wikipedia.org/wiki/Gale%C3%A3o_portugu%C3%AAs_Botafogo

Um comentário:

Victor Viana disse...

ahh , muito inteteressante e direto , gostei mesmo.